Notícias

Segunda noite do Canto da Primavera, Mostra Nacional de Música organizada pelo Governo de Goiás, movimenta Pirenópolis

Evento recebe Maíra Lemos, Dante Ventura e integrantes do Projeto Palco. Atividades acontecem no Cine Pirineus e no Largo Beira Rio. Programação continua com atrações nesta quinta-feira (02/12), a partir das 18h. Entre destaques, Orquestra dos Violeiros e cantor Almir Pessoa

 

A segunda noite do Canto da Primavera movimentou Pirenópolis, nesta quarta-feira (1º/12). A Mostra Nacional de Música organizada pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), recebeu shows de Dante Ventura e Maíra Lemos no Cine Pirineus e no Projeto Palco Largo Beira Rio.

 

Os artistas foram contemplados por meio do Edital de Seleção de Atrações Artísticas. Ao todo foram selecionadas 20 apresentações para shows e quatro professores para ministrar oficinas. Os prêmios variam de R$ 10 mil a R$ 50 mil.

 

Criada em 2000, a Mostra Nacional de Música de Pirenópolis é um dos principais eventos do calendário cultural do Estado e visa promover e divulgar a produção e formação musical de Goiás, bem como desenvolver o turismo e a economia local.

 

Entre seus diversos benefícios para a comunidade destacam-se a geração de empregos e a valorização da cultura goiana. Depois de uma pausa de dois anos, o Canto da Primavera volta a ser realizado de forma presencial.

 

A segunda noite de shows do festival foi aberta por Dante Ventura. O vocalista da banda goiana Guetsu subiu ao palco do Cine Pirineus por volta das 19h30 e emocionou o público com canções-poesias. Dante Ventura lançou sua carreira solo em 2014, com o álbum “Homem solar”.

 

 

Em seguida, às 20h15, Maíra Lemos fez o público cantar grandes clássicos da MPB, com um tributo a Gonzaguinha e Belchior. A cantora explica que juntar os repertórios de dois dos maiores nomes da história do MPB é um sonho realizado. “Sempre cantei estes artistas e acreditei que juntar os dois daria um show maravilho”, explica Maíra, que começou a cantar nos bares de Goiânia com apenas 6 anos e, aos 10 anos, lançou seu primeiro disco, alcançando fama nacional.

 

 

Gilda Costa, 69 anos, de Aracaju (SE), está conhecendo Goiás e aproveitou para prestigiar o Canto da Primavera. “Estou amando a cidade e fiquei encantada com a interpretação da Maíra Lemos. Que força ela tem! Gonzaguinha e Belchior ficariam maravilhados com ela. Além disso, esse é o primeiro show que vou após o começo da pandemia, então está sendo incrível”, testemunhou.

 

Programação

 

A segunda noite do Canto da Primavera foi finalizada com o Projeto Palco, no Largo Beira Rio, aberto por volta das 21h, e desenvolvido pela Associação dos Cantores e Compositores do Estado de Goiás. A formação é com os músicos Laércio Correntina, Celso Galvão, Gilberto Correia, Túlio Borgo, Wilson Gandhi, Emídio Queiroz, Moka Nascimento, Santiago Lama e Moisés Feitosa.

 

 

Nesta quinta-feira (02/12), o evento ganha mais um palco, na rua do Rosário, com show de Marcus Biancardini, às 18h. Dejan Cosic convida: Christina Guedes, Fernanda Guedes e Ingrid Goldfeld “Homenagem ao músico Manassés”, no Cine Pirineus, às 19h30; e, na sequência, show de Henrique de Oliveira & Anderson Richards, encerrando com a Orquestra de Violeiros. Almir Pessoa e Dona da Roda fecham a programação a partir das 20h, no Largo Beira Rio.

 

Fotos: Secult Goiás